Floresta faz a Diferença faz evento no MAM do Rio de Janeiro nesta 2ª

No dia anterior à votação do Código Florestal no plenário do Senado, a campanha Floresta Faz a Diferença chega ao Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, para o último grito contra a aprovação das mudanças. Às 19h, desta segunda-feira, 5, reúnem-se no MAM artistas, políticos, cientistas, organizações que compõem o Comitê Brasil pelas Florestas e Desenvolvimento Sustentável e a imprensa para um evento fechado.  Assim como todos os participantes, Marina Person que será a mestre de cerimônias, também não cobrou cachê.
Com a participação do cineasta Fernando Meirelles, a campanha Floresta Faz a Diferença ganhou diferentes rostos em vídeos que rodaram a internet e os meios de comunicação: Wagner Moura, Gisele Bündchen, Alice Braga, Denise Fraga, Rodrigo Santoro, Washington Novaes e José Eli da Veiga todos a favor das florestas e contra o novo Código.

Durante o evento, os depoimentos filmados e editados por Meirelles serão exibidos num telão digital em 360°, montado dentro de uma tenda. Nesta mesma estrutura, acontece o momento clímax do evento, produzido por Pazetto e Daniel Zanardi. Um vídeo emotivo vai envolver e sensibilizar o público para urgência da preservação das florestas de pé e mais uma surpresa que somente será revelada no dia. Thalma de Freitas se apresenta em pocket show.

 

O projeto de lei, se aprovado, representa perdas irreparáveis ao meio ambiente, incluindo a anistia a desmatadores irregulares, diminuição da proteção das margens dos rios e favorecimento da expansão do agronegócio sobre biomas brasileiros.